Como administrar o medo e conseguir melhores resultados

Ao contrário do que muitos pensam o medo não é o oposto da coragem. O oposto da coragem é a covardia.

Neste sentido o medo não é necessariamente ruim, principalmente se você utilizá-lo na medida certa. Entenda-se ser precavido, perspicaz e equilibrado diante de uma situação de risco. Assim, você minimiza o fato de lidar com o novo ou o imponderável. Desta forma, ao entrar em ação, você estará mais preparado para os desafios e o medo terá lhe auxiliado a fazer um planejamento sério e se tornar um profissional e ser humano melhor. Certa vez ouvi algo como “ameaça no radar”. Acontece que após aquela ameaça existe um lugar belíssimo que você deseja estar. Sendo assim, quais estratégias você poderia usar para chegar lá? Escolher outra estrada? Seguir pelo mesmo caminho e contornar o “enfrentamento”? Se preparar para pular o obstáculo?

Seja qual for sua resposta, o pior a fazer numa situação de risco ou medo é permitir-se paralisar. Sim, ficar paranoico e extremamente preocupado com tudo, aceitar que a estagnação é um porto seguro e enfim, se contentar com o comodismo.

Um dos maiores vendedores do mundo diz que a atitude mental, a estratégia, corresponde a 80% de seus resultados positivos. Muitas vezes, fazer um exercício constante que possibilite vivenciar tanto na prática quanto mentalmente uma determinada situação (as situações que você considera como seus pontos fracos e medos) reduzirá o impacto e a barreira que ela tem sobre você gradativamente. Assim, você sentirá menos “dor” e será mais bem sucedido até o ponto de que aquele desafio seja apenas mais um enfrentado, administrado e vencido.

Se desejar, clique aqui e entre em contato conosco e saiba mais sobre o modelo de Coaching individual desenvolvido pela MedConsulting.


Posted in Sem categoria


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *