Quanto vale o seu negócio médico?

Quanto vale a clínica?

O tipo de questionamento de quanto vale a clínica da qual se é proprietário ou se está gerenciando, normalmente não surge até que haja uma necessidade de transação do empreendimento. A necessidade de se avaliar ocorre geralmente quando se discute a entrada de um novo sócio ou na compra/venda total deste empreendimento. Contudo, saber o valor da sua empresa mesmo não estando em uma situação de  negociação, pode ser vantajoso para elaboração de metas de crescimento, lucro e criação de valor para o empresário e seus sócios.
Nesse sentido, os benefícios se dão pelo entendimento de quanto de capital investido trará de retorno e criará valor para o negócio. O resultado do trabalho e capital não será apenas medido pelo lucro, retorno do capital, mas também pela estrutura de receita menos gastos que gerem caixa para empresa.

Uma verificação em que os dados da empresa sejam analisados de forma crítica e suas expectativas de crescimento confrontadas com a realidade do mercado ajudam a enxergar melhor o próprio negócio.
Para este processo de avaliação existem diferentes métodos, sendo os três mais utilizados o valor patrimonial, fluxo de caixa descontado (FCD) e múltiplos. Cada estudo possui sua dinâmica e características que nem sempre conduzem a um mesmo denominador, uma vez que os dados empregados para cada análise são diferentes.

Valor Patrimonial

Valorização dos ativos existentes da empresa, ajustados ao custo corrente ou pelo valor de mercado. Estes ativos serão posteriormente deduzidos ao passivo, tendo como resultado o valor do Patrimônio Líquido ou “Book Value”.

Fluxo de Caixa descontado

O valor de uma empresa é também determinado pelo seu desempenho projetado, ou seja, pela sua capacidade de gerar valor econômico no futuro. Este método baseia-se em projetar fluxos de caixa futuros e buscar o seu valor presente, através de uma taxa de desconto apropriada que meça o risco e o custo de oportunidade de capital inerente a esses fluxos. São variáveis críticas neste método de avaliação as taxas de
crescimento e horizonte da projeção, o valor residual da empresa ou valor da perpetuidade e a taxa de desconto calculada (que pode ser estimada através do custo médio ponderado de capital ou do custo do capital próprio).

Método dos Múltiplos de Mercado

Este método identifica as tendências do mercado, refletindo as avaliações de empresas do mesmo setor e o seu desempenho. O conceito base é que empresas semelhantes têm preços semelhantes. Através de base de dados nacionais e mesmo internacionais, identificam-se ativos similares e verifica-se o preço que o mercado está a praticar por essas Empresas.

Os múltiplos utilizados mais frequentemente são Múltiplos de lucro líquido; Múltiplos de EBITDA ou LAJIDA; Múltiplos de fluxo de caixa; Múltiplos de valor patrimonial; Múltiplos de receita; Múltiplos específicos. O método mais empregado atualmente é o fluxo de caixa  descontado, dado a sua capacidade de medir a expectativa de geração de caixa futuros de uma empresa alinhado a um desconto de taxa de oportunidade.
A razão para este método ter se sobressaído em relação ao de valor patrimonial é dado à mudança atual na dinâmica de negócios. Grandes indústrias no passado possuíam uma série de ativos que fazia sentido serem medidas como patrimônio. Contudo, com as novas modalidades de negócios como cartões de crédito e e-commerces que possuem estrutura física reduzida e alto valor agregado, por exemplo, o método depreciaria os resultados.

 


Posted in Financeiro


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *