Médico, como ser um líder eficaz - MedConsulting
 

Médico, como ser um líder eficaz

Médico, você sabe quais são as competências de liderança que transformam um gestor e administrador num verdadeiro líder? Afinal, o que faz um líder eficaz?

Se você já se perguntou isso, leia com atenção, a MedConsulting tem algumas dicas para você. Confira:

1 – Demonstrar ética e forte senso de segurança
Um líder passa a confiança de que tanto ele quanto seus colaboradores honrarão as regras do “jogo”. De maneira similar, quando um líder comunica suas expectativas de forma clara, ele evita pegar as pessoas de surpresa e garante que todas as pessoas estejam igualmente cientes.

Em um ambiente seguro, os colaboradores podem relaxar, invocando maior capacidade mental para socializar, inovar, criar e ser ambicioso. Para aumentar o senso de segurança, tente se comunicar com a intenção específica de fazer as pessoas se sentirem seguras. Uma boa maneira de fazer isso é reconhecer e neutralizar resultados ruins ou consequências de erros.

2 – Autorizar sua equipe a se organizar
Nenhum líder consegue fazer tudo sozinho. Pesquisas mostram que times com autonomia são mais produtivos e proativos. Eles disponibilizam melhor serviço ao consumidor, mostram altos níveis de satisfação com o trabalho e comprometimento com sua equipe e sua Clínica ou Consultório.

Muitos líderes ainda lutam contra a auto-organização das suas equipes. Eles resistem por acreditar que o poder é um jogo sem soma, o que não é verdade! Compartilhe o mau resultado com os demais ao invés de tentar controlar tudo!

E, lembre-se: abrir mão do poder é um ótimo jeito de aumentar sua influência, o que resulta em aumento de poder com o tempo.

3 – Criar uma sensação de conexão e pertencimento
Líderes que se comunicam abertamente, com frequência e que criam sentimentos de fracasso/sucesso como uma equipe conseguem construir uma forte base para a conexão com seus colaboradores.

Existem algumas medidas simples para promover a sensação de pertencimento entre os colaboradores: sorrir para as pessoas, chamá-las pelo nome ou se lembrar de seus interesses e membros de sua família.

Preste atenção ao conversar com eles e estabeleça o tom claro de que os integrantes do seu time ajudam uns aos outros. Usar uma música, mantra, slogan, símbolo ou ritual que identifique o seu time de modo singular também pode aumentar o senso de conexão.

4 – Demonstrar abertura a novas ideias e nutrir o aprendizado organizacional
Admitir que estamos errados não é fácil. Muitas opiniões se tornam inflexíveis, mesmo quando somos apresentados a evidências contraditórias. Dessa forma, o aprendizado se torna quase impossível. Para encorajar o aprendizado entre os funcionários, os líderes devem assegurar que estão abertos a aprender e mudar.

Portanto, tente iniciar discussões para solucionar problemas sem um motivo ou resultado específico, apenas para incentivar a troca de ideias, sem julgamentos, até que todos tenham falado. Um modo de garantir isso é usar o teste A/B, que permite pequenas falhas e exige feedback e correção rápidos, criando uma plataforma para construção para que os colaboradores aprendam com os erros uns dos outros.

5 – Incentivar o crescimento
Ser comprometido com o treinamento dos colaboradores, ajudá-los a crescer e se tornarem a próxima geração de líderes é essencial. Aqueles que recebem esse cuidado sentem gratidão e lealdade. Pense nas pessoas pelas quais você é mais agradecido – pais, professores, amigos e mentores. Eles provavelmente cuidaram de você ou lhe ensinaram algo importante.

Quando líderes mostram comprometimento com o crescimento da equipe, os colaboradores se sentem motivados a retribuir, expressando sua gratidão ou lealdade, se dedicando ainda mais ao trabalho. Se você quer inspirar o melhor do seu time, lute por eles, apoie seus treinamentos e promoções e “patrocine” seus projetos importantes.

Este texto foi adaptado de: https://urless.in/YyqMv



Abrir Conversa