Passos fundamentais para reter o cliente

Médico, você está tendo dificuldades com seu planejamento de marketing?

A MedConsulting te dá seis estratégias que não podem ficar de fora do seu planejamento quando o objetivo é manter paciente vinculados à sua marca. Confira:

1 – Excelência no atendimento é prioridade!

Existem alguns conceitos que você precisa conhecer obrigatoriamente, que se chamam CRM (Customer Relationship Manegemant) e CX (Customer Experience). Isso implica em estar preparado tanto para apagar incêndios (quando algo desagrada ao paciente) quanto para ser proativo (trabalhando uma estratégia de pós-venda).

Não há dúvidas de que um atendimento de qualidade é fundamental para garantir a retenção e a fidelização de um paciente. Mas especialmente nas Clínicas e Consultórios, parte dessa qualidade está relacionada ao atendimento dos colaboradores e ao atendimento dos médicos, assim como também o acompanhamento do paciente (pré e pós-atendimento).

2 – Conheça seu paciente de verdade!

Quem é o paciente que você espera reter?

Afinal, saber do que ele gosta, suas preferências de consumo, entre outras informações permite acessá-lo da forma certa, pelo canal preferido, no melhor horário para isso, com tratamento e formas de pagamento sob medida para as suas pretensões.

Para conhecer o paciente, é fundamental contar com um software de CRM – uma solução que automatiza a gestão da sua carteira de pacientes, indo muito além de um mero cadastro. Com o auxílio da tecnologia, você consegue atingir um nível avançado de personalização no atendimento.

3 – Entenda as necessidades do seu paciente!

Quanto mais você conhece o seu paciente, melhor entende o que ele deseja e, assim, mais qualificado se torna para suprir suas necessidades. Sem isso, você corre o risco de abordar o paciente como um contato mecanizado, impessoal.
Reunir o máximo de informações é importante, pois permite focar naquilo que realmente interessa, e até mesmo se antecipar a possíveis objeções, que são os motivos que ele apresenta para não renovar um tratamento, por exemplo.

4 – Valorize a sua marca

Um relacionamento duradouro exige demonstrar de modo permanente as qualidades que conquistaram a outra parte. Então, trate de desenvolver ações que façam valer a pena o vínculo com a sua Clínica ou Consultório.

Dedique atenção a ele, se faça presente e mostre os benefícios que vem obtendo ao se manter fiel à sua Clínica ou Consultório e aos seus tratamentos, como vantagens, bônus e pequenos mimos. Conserve sempre aberto um canal de comunicação com esse paciente, como redes sociais e uma newsletter, seja para ouvir, para falar e para reforçar os seus diferenciais, os pontos de maior valor da marca que justificam a manutenção do vínculo.

5 – Resolva os problemas de seus pacientes o mais rápido possível!

Há duas boas razões para você agir rápido e de forma eficaz.

A primeira delas está na própria satisfação do paciente, que percebe maior valor naquilo que você faz quando é bem atendido e tem uma demanda prontamente resolvida. Já a segunda é preventiva. Afinal, quanto mais tempo demorar para agir, maior evidência de crise a situação vai ganhar. O melhor mesmo é ter uma estratégia pronta para agir nesses casos e transformar uma crise em oportunidade.

6 – Organize-se em torno do paciente, não da Clínica!

Você pode ter realizado um planejamento estratégico minucioso, com uma sequência de ações cuidadosamente elaboradas. Porém, na prática, pode perceber que não está funcionando. É preciso se ajustar de acordo com o que o paciente pede, talvez realizando modificações na oferta e no atendimento. Não custa repetir: o paciente precisa se sentir valorizado, sendo ele a razão da sua Clínica ou Consultório existir.



Abrir Conversa